Sozinho a desenhar


Caixa-de-papel: Malmequer

Posted in Papel por Hugo Torres em Novembro 10, 2004

Este sou eu. Apresento-me ao mundo por diapositivos sem sentido. Negativo. Desordeno-me. Acabo-me e recomeço e choro e corro e choro e a mim me minto e a ti te sinto e choro e abraço a melancolia e espero-me no teu sorriso e no teu olhar e no teu jeito; na tua boca.
Este sou eu. Apresento-me assim. Dá-me a ti. Dá-me tu. E minto e choro e arranjo forças para sorrir e dizer olá. Dás-me a mim. Não me recebo e minto e choro e corro para o lado de lá onde tu não te encontras e choro e sinto que minto.
Este sou eu. Represento-me por códigos dos quais só eu sei as regras. Choro e minto. Finjo o que sinto. Planeio e arquitecto o acaso. Apaixono-me pelo Amor. O Amor. Sei de ti por mim. Não te conheço! A ti e a ninguém vos vejo do mesmo ângulo: este. E este sou eu.
E esse é o teu cabelo.

Braga,
4 de Março de 2004

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: