Sozinho a desenhar


O menino: o quadro opaco

Posted in Poesia por Hugo Torres em Fevereiro 18, 2005

O menino do quadro opaco,
de tintas escuras: vermelho,
amarelo, azul,
vermelho,
tinha um sorriso de prata:
esqueceu-se
das cores.

O menino do quadro opaco,
de braços e dedos pequeninos: presos
por linhas finas de bolas
pequeninas
feitas de plástico
azul e branco,
não brincava:
esqueceu-se
das cores.

O quadro opaco,
de tintas escuras: vermelho,
amarelo, azul,
vermelho,
sorria
ao menino:
tinha cores: vermelho,
amarelo, azul,
vermelho.

[O quadro opaco
de tintas escuras: vermelho,
amarelo, azul,
vermelho,
lembrava-se
que as tinha:
tinha um menino.

E o menino
não conseguia
ver
o quadro
cheio de cores
que, afinal, não eram tintas
escuras:
vermelho,
amarelo, azul,
vermelho.]

– O menino estava lá…

Anúncios