Sozinho a desenhar


Blogues são os espaços totalmente autónomos do presente

Posted in Pauta por Hugo Torres em Dezembro 5, 2006

Depois de afirmar que «é triste» o Rock estar a passar «por uma onda de saúde e de vigor», abrindo portas a uma discussão de vasto amplexo na inteligência e cultura melómanas, o crítico musical inglês Simon Reynolds explanou, em entrevista ao G1, a forma como as potencialidades das novas tecnologias (concretamente, da blogosfera) afectam a sua profissão e estilo de vida:

«(…) Revistas como a “NME” eram espaços anárquicos onde todos os tipos possíveis de escrita esquisita conviviam com matérias mais profissionais. Atualmente, os espaços totalmente autônomos são os blogs, onde os escritores são seus próprios editores. Há um lado ruim nisso, claro: as pessoas tendem a falar muito de si mesmas, tendem a se repetirem. Às vezes, a coisa é totalmente amadora – e isso tem lá suas vantagens, mas significa que escrever sobre música cada vez mais se torna um hobby, não algo de onde você tira o seu sustento. E umas das coisas legais de escrever sobre música, para mim, foi que eu pude até agora levar um estilo de vida bem livre, e falar das coisas da maneira que eu quisesse. Ainda é uma carreira, mas…»

Diz ainda que «o cerne do rap até hoje sempre foi “ostentação e ameaças”. É um teatro ego-maníaco, Nietzsche com batidas e baixo.»

Reinolds já passou pelas páginas do New York Times, The Guardian, Rolling Stone, The Wire, Mojo, entre outros.

Para fora:
Sítio Oficial | Wikipedia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: