Sozinho a desenhar


nos phones…

Posted in Pauta por Hugo Torres em Agosto 6, 2007

«(…) esta é uma suite feita de situações em chiaroscuro e paisagens nebulosas, com o piano a escolher estratégias minimalistas de desenvolvimento – ciclos reiterados com poucas notas, simples mas extraordinariamente eficazes, pontuados com apurado sentido de oportunidade pelo percussionista José Salgueiro.» Assim se apresenta Dúvida (1964) de Sassetti no Trem Azul. E já começamos a habituar-nos ao pano de fundo que o autor de Alice (2005) nos esfrega no peito – a música como banda sonora, que sobrevive habilmente longe da ilha natal que se esgota num período de tempo, como uma peça de teatro ou de cinema: Sassetti faz da música um lugar – sim – maior – obviamente! – e intemporal – transversal.

Agora foi para levar aos palcos portugueses (leia-se Lisboa) um original de John Patrick Shanley Doubt (galardoado com um Pulitzer) –, com encenação de Ana Luísa Guimarães e Eunice Muñoz, Diogo Infante, Isabel Abreu e Lucília Raimundo no elenco. Dúvida (1964) conta com 37 elementos da Sinfonietta de Lisboa, conduzida por Vasco Pearce de Azevedo.

O apARTES também teve uma palavrinha para o disco. (Eu ainda o ando a digerir.)

bernardo_sassetti-duvida_1964.jpg

Dúvidas (1964), Bernardo Sassetti (2007)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: