Sozinho a desenhar


da crítica

Posted in Película,Post-it por Hugo Torres em Agosto 21, 2007

Ratatouille, de Brad Bird, não é mais um filme de animação. É um excelente exemplo (quem sabe, o divino exemplo) da união das forças Pixar e Disney. Mas não vou alongar-me sobre a obra mais que isto: brilhante, paguem bilhete.

Interessa-me um discurso sumário de Anton Ego, crítico gastronómico que segura na mão – ou na pena – a fatalidade. Eis o que a memória retém – principalmente a deste que vos escreve – na fidalga voz de Peter O’Toole:

«In many ways, the work of a critic is easy. We risk very little yet enjoy a position over those who offer up their work and their selves to our judgment. We thrive on negative criticism, which is fun to write and to read. But the bitter truth we critics must face is that, in the grand scheme of things, the average piece of junk is more meaningful than our criticism designating it so. But there are times when a critic truly risks something, and that is in the discovery and defense of the new.»

anton_ego.jpg

Anúncios

Uma resposta to 'da crítica'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'da crítica'.


  1. Sabia que esta parte te tinha afectado directamente 😛 ! Nem foi preciso ver a tua cara 🙂 .


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: